in

Vulture divulga tudo o que acontece de novo na versão Encore de “Nasce Uma Estrela”

Neste sábado, dia 02, a revista Vulture divulgou em uma publicação, tudo o que a versão Encore de “Nasce Uma Estrela” traz de diferente da anterior. Entre mudanças pequenas, detalhes modificados e novas cenas, a nova versão contém 12 minutos de novidades e adaptações.

No texto publicado pela revista, são contados todos os detalhes que diferenciam a primeira versão do filme da versão Encore, ou seja, o que esses 12 minutos a mais trazem de diferente ao público.

Trechos levemente prolongados, cenas extras (que o público esperava na primeira versão por conta das fotos divulgadas antes da estreia), pequenas adaptações, música nova e mais. São algumas das modificações presentes na versão Encore de “Nasce Uma Estrela”, que estará nos cinemas dos EUA apenas até domingo, dia 10.

Leia a tradução completa da publicação feita pela revista:

A Cena da Tirolesa, ‘Is That Alright‘, e Mais: Tudo no Relançamento de ‘Nasce Uma Estrela’

Se você já assistiu a ‘Nasce Uma Estrela’ e o aceitou como seu senhor e salvador, você Nasce(u). Ou então re-Nasce(u) (Não consigo decidir. Bradley Cooper, por favor, colabore). Porque ‘Nasce Uma Estrela’ ganhou um amor e uma devoção infindável, eu fui para a reprodução mais cedo o possível – em um teatro da Dolby, como Bradley com certeza gostaria que fosse – para tomar notas copiosas sobre absolutamente tudo de diferente no corte de relançamento em relação ao original. Aqui está meu relatório oficial:

A apresentação de abertura de ‘Black Eyes‘ de Jackson Maine

A primeira parte do corte teatral de ‘Nasce Uma Estrela’ começa com Jackson Maine balançando algumas pílulas na palma de sua mão e tomando um gole de gim nos rocks. Nós temos cerca de um minuto dessa performance – apenas o suficiente para Maine repetir as letras ‘by the wayside‘ – até que a cena corta para ele entrando no SUV guiado por Greg Grunberg e sendo levado para o bar drag Bleu Bleu. No relançamento, nós temos o suficiente de ‘Black Eyes‘ para ouvir o piano, para ver mais cenas da audiência perdendo suas mentes na canção, e um novo close de Jackson Maine rasgando na guitarra.

Acapella de ‘Shallow‘ no estacionamento

No estacionamento, enquanto Greg Grunberg (seu personagem tem um nome, mas, primeiramente, eu não consigo lembrar-me dele, e, segundo, aquele nome não poderia nunca ser tão bom quanto Greg Grunberg!) mastiga um Cheetos, Jackson e Ally conversam sobre o pai e irmão e vida dele no Arizona. Eventualmente, Ally canta algumas linhas do seu verso de ‘Shallow‘. No corte do relançamento, ele canta a parte ‘Sha-ha-la-la-la-lala-low!‘ da canção. Em resposta, Jackson continua olhando radiantemente para ela, como sempre.

Digging My Grave

Como toda pessoa Nasc(ida) sabe, o primeiro teaser de ‘Digging My Grave‘ vem na introdução de Bobby Maine. Depois que Jackson se encontra com seu (e de Bradley Cooper na vida real) médico otorrinologista, Dr. Slattery, o filme corta para Jackson em pé em um palco ao ar livre cantando as duas primeiras linhas de ‘Digging My Grave‘. Bobby interrompe sua passagem de som para castigá-lo por não seguir as instruções do Dr. Slattery. Agora. Estou chegando em você como uma mulher: o corte do relançamento apresenta vocais ligeiramente diferentes para esse trecho de ‘Digging My Grave‘ do que o corte original. No original, Maine canta ‘put me theGRRROUUUUUUUUNDT!‘ (Ele canta da mesma forma do corte da trilha sonora dessa canção. É bem sexy e memorável). No relançamento, ele não diz ‘ground‘ da mesma forma. Ele canta normalmente. Se eu estiver errado, convido Bradley Cooper para me corrigir.

Enfim.

Nós não temos uma cena completa de ‘Digging My Grave‘, mas temos meio minuto de Ally e Jackson no palco cantando-a juntos. Depois que Jackson Maine recebe uma dose de esteroides, ele e Ally (vestindo uma camisa de estilo ocidental) sobem ao palco. Ele e Ally cantam a parte que começa com ‘Every little lie you tell, can’t keep it hid…‘ E daí corta: a canção acaba, a multidão aplaude, Ally se vira tentando sair do palco – ela é uma artista novata! – e Jackson a conduz na direção correta de maneira fofa. ‘Nós temos mais uma para fazer’, ele diz. ‘E depois mais dez‘. É bem fofo e eu gostaria que estivesse no corte original.

Escrevendo ‘Clover

Finalmente, a cena do poster é revelada! Jackson e Ally sentam-se sozinhos em um palco enorme e vazio e escrevem uma canção chamada ‘Clover‘.

Cover de ‘Midnight Special

A única coisa que eu sei melhor do que o próprio ‘Nasce Uma Estrela’ são os pontos de discussão da turnê de imprensa de ‘Nasce Uma Estrela’: Bradley Cooper ouviu Lady Gaga cantar ‘La Vie En Rose‘ num evento de caridade na casa de Sean Parker. Ele foi à casa de Gaga e eles conversaram sobre ser Italianos (Italianos de verdade, não italianos-Green Book), e ela fez macarrão. Ela imprimiu a letra de ‘Midnight Special‘ e eles a cantaram no piano dela – Blá blá blá. (Eu amo tudo isso).

Então é bom que, daí, o relançamento nos dê um gostinho disso. No ônibus de turnê, Ally e Jackson saem de uma daquelas pequenas camas de ônibus de turnê. Daí a cena corta para Ally, Jackson e a banda de Jackson bebendo cervejas e cantando ‘Midnight Special‘. O filme então corta para o dum-dum-dum de ‘Alibi‘ e para a montagem de Ally e Jackson viajando para mais festivais de música e fazendo mais shows, que introduzem a apresentação de ‘Always Remember Us This Way‘.

A! Cena! da! Tirolesa!

Por meses eu implorei a Bradley Cooper pela cena da tirolesa, e finalmente Bradley Cooper respondeu às minhas preces. (Bradley Cooper: Por favor me diga porque Ramon estava ouvindo ‘Yonkers‘ de Tyler, The Creator depois da cena de ‘Shallow‘. Eu prometo que essa é a minha última pergunta). Isso foi mostrado no trailer, e eu queria o que foi prometido.

Então aqui vai: Depois que Ally e seu coreógrafo ensaiam, nós temos uma pequena montagem de Jackson e Ally em casa. A primeira cena nessa montagem é Ally suspensa sob o gramado em uma tirolesa e pousando nos braços de Jackson. Ele a segura e a solta da tirolesa, dizendo: ‘Você é natural’. E daí – por favor, foque comigo aqui, porque isto é muito importante – ela O ACERTA NA CABEÇA. COM O PUNHO DA TIROLESA. Incrível. Daí nós vamos ao que vimos na versão original: os dois na banheira, onde Ally aplica carinhosamente uma sobrancelha de fita isolante; os dois na cama; Ally trazendo Charlie para casa; Jackson dizendo que Charlie tem os cílios de Ally.

Como o extremamente desequilibrado e observador – eu – você também notará que no corte do relançamento, logo antes de Jackson perguntar a Ally se ela irá para Memphis para o show da conferência farmacêutica com ele, Ally senta no sofá comendo comida Chinesa. Charlie tenta dar uma mordida, mas ela sorri e diz a ele que ele já comeu. É bem fofo e, honestamente, funciona como uma melhor transição para a fala de Jackson agradecendo a ela por lhe dar um lar. Eu não sou um diretor ou nada. Só estou dizendo.

Mais Falas de Dave Chappelle

Depois que Jackson aparece desmaiado na frente do gramado de Noodles (Dave Chappelle), Jack e Noodles sentam-se no deck e conversam sobre a vida. O relançamento mostra mais algumas falas de Noodles. ‘Daqui a dez anos, o que irá acontecer?’, Noodles pergunta. ‘Você estará pagando a metade do preço no cinema até lá. Está chegando, cara: você vai pousar ou vai bater?’. O restante da cena continua com a cena como era no corte inicial, onde Noodles conta a metáfora do porto. Noodles também pergunta sobre Bobby, e daí diz a Jack que ele pode dormir no quarto de sua filha.

Is That Alright?

Indiscutivelmente a melhor canção de ‘Nasce Uma Estrela’ – ‘Is That Alright‘ – não é destacada na versão teatral. Isso não está tudo bem para mim. Mas o relançamento de Bradley Cooper fez remendos. Depois que Ally e Jackson casam, nós temos alguns segundos a mais deles aproveitando sua recepção de casamento extremamente Memphis (e muito blues). Ally, sentada ao piano da banda, pega o microfone, e entrega a faixa de diálogo da trilha sonora ‘Vows‘. ‘Quando nós trocamos nossos votos no altar, eu não disse tudo o que eu queria dizer’, ela diz. ‘Então escrevi, e trouxe aqui. Eu espero que esteja tudo bem se eu amar você para sempre, Jack’. Daí ela canta ‘Is That Alright‘. É muito lindo, e sim, eu chorei. Jackson Maine chorou também. A montagem pós-casamento continua como no corte original (Ally joga seu buquê, ela e Jackson esfregam o bolo de casamento nos rostos um do outro) e daí nós cortamos para o outdoor de Ally fora do Chateau Marmont (no qual eu fiz uma peregrinação mês passado).

Too Far Gone

Essa é a canção que Ally e Jackson cantam em sua sessão de gravação: Jackson despeja gim em xícaras solo vermelhas, Ally tem cabelos cor de tangerina, e eles se beijam ao microfone, cantando, ‘I don’t want to feel another thing‘. (Para constar, eu acho que na gravação da trilha sonora, essa linha mudou para ‘Set Me Free‘. Novamente: eu convido Bradley Cooper para me corrigir porque eu gostaria de saber!).

Daí então: Ally saindo com a banda no fundo, enquanto Jackson senta-se ao piano em outra parte do estúdio. Ele está sentado ao piano com o headphone, tocando as primeiras chaves do que se tornará ‘I’ll Never Love Again‘. O som entra e sai, sugerindo que o zumbido está piorando. Ally está vestindo um macacão rosa de lantejoulas. Essa sequência é brega e eu fico feliz que tenha sido cortada.

Cena do traje

Depois que Jackson bate a porta do banheiro na cena 98, nós temos um vislumbre de Ally e Rez olhando potenciais trajes para a turnê. ‘Nós estamos planejando minha turnê mundial!’, Ally guincha. A próxima cena é Jackson ao microfone para o menor vocal que ele fez até agora. (No corte teatral, é um pouco mais longo: ele tira o chapéu, diz ‘Boa noite’ e começa a tocar ‘Maybe It’s Time‘).

Jackson Maine e Marlon Williams ensaiando no Grammy

O corte do relançamento dá mais contexto ao show do Jackson no Grammy. Ainda não está claro por que o Grammy está apresentando uma homenagem a Roy Orbison, mas há um pouco mais de entusiasmo em Jackson e Bobby se reunindo e na expectativa de Jackson de que ele irá cantar na homenagem, o que torna ainda mais decepcionante quando Bobby descobre que Jackson irá estar tocando a base no fundo. Há mais alguns minutos de Jackson conversando com Marlon Williams, incluindo uma conversa onde Jack pergunta de onde é Marlon. Marlon diz Nova Zelândia e Jackson diz que ele fez uma viagem lá uma vez para dar um pulo bungee com uma ex que era de Londres. ‘Isso é um eufemismo?’, Marlon pergunta sobre o pulo bungee. Jackson olha para ele intrigado. ‘Eu nem sei o que essa palavra significa’. Várias vezes, durante essa conversa, Jackson pede a Marlon que se repita, deixando claro que sua audição está piorando.

Além disso, a definição de um eufemismo é: ‘uma palavra ou expressão leve ou indireta substituída por uma considerada muito dura ou contundente ao se referir a algo desagradável ou embaraçoso’.

Jackson e Ally em seu banho pós-mijo no Grammy

Esta é uma rapidinha: Há uma adição do take mais longo de Jackson e Ally – ambos em suas roupas legais do Grammy – no banho. Ally segura Jackson em seus braços e a câmera se afasta e os deixa no banheiro, quase que como estivesse dando-lhes sua privacidade.

Ally conhecendo o conselheiro de reabilitação de Jackson

Quando Ally visita Jackson na reabilitação, ele convence seu terapeuta Carl (Ron Rifkin) a cantar um pouco para ela. É bem fofo.

Créditos finais

Os créditos finais continuam os mesmos, mas algo que eu notei dessa vez: a canção final que toca nos créditos é uma gravação de ‘Always Remember Us This Way‘ que não existe em absolutamente nenhum outro lugar – nem no filme, nem na trilha sonora. Ela substitui a linha ‘Dreams of you and me are in the dirt‘ no lugar de ‘Every time we say goodbye / Baby, it hurts‘.

Esta sou eu, sua auto-nomeada Estrela Nascida correspondente assinando. Eu ainda não sei porque Halsey foi a apresentadora do Grammy. Eu ainda não sei sobre o negócio com ‘Yonkers‘. Ainda não temos a cena de Ally arrancando sua blusa branca. Mas meu relógio acabou. Me enterre em uma das rugas no pescoço de Sam Elliott.

Escrito por: Hunter Harris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VÍDEO LEGENDADO: Lady Gaga é entrevistada no Jimmy Kimmel Live!

BILLBOARD 200: Trilha sonora de “Nasce Uma Estrela” retorna ao #1